Deixei Montevideo por último, mesmo  tendo sido a que mais passamos tempo.

Ficamos no Hostel Che Lagarto, apesar de não ter gostando muito, a localização e o café da manhã são bons. 
20151012_175154205_ios
Chegamos na hora do almoço, então deixamos as malas e saímos caminhando. Até que entramos no Mercado de la Abundancia, e neste momento aprendemos que no Uruguai os restaurantes não ficam abertos a tarde toda mesmo num domingo.  Quando chegamos, vimos que estava vazio, mas pensávamos que era normal, são vários restaurantes e as mesas no meio, sentamos e íamos fazer o pedido quando a atendente falou que alguns restaurantes já estavam fechando e que ela iria ver o que ainda tinha para o almoço. Tinham duas opções: lasanha e carne cozida no vinho com purê. Estava delicioso.
mercadolaabundancia20151011_190827569_ios
Continuamos caminhando pela avenida 18 de julho até o Teatro Solis. E resolvemos voltar para o hostel mas como não tinha comido uma sobremesa paramos no Facal para o delicioso churros com chocolate quente.
facal20151012_132908315_ios
No dia seguinte caminhamos até o Mercado del Puerto, um lugar que já tínhamos lido sobre os restaurantes, mas mesmo assim escolhemos a olho, comi uma carne com batatas fritas. Estava muito bom. Passeamos pela região do porto.
mercadoporto20151012_145812262_ios
mercadoporto20151012_160121023_ios
20151012_140637455_ios
E no caminho de volta passamos no Oro del Rhin para a sobremesa, que foi um “mil folhas” de doce de leite. Estava muito bom, mas certamente poderia ter dividido. O pedaço é bem grande.
20151012_181639405_ios
20151012_193038840_ios
Não sei se fomos nós, mas a maioria dos lugares que vimos a noite para comer eram pizzarias. E você que escolhe o que vai na pizza.
pizza20151013_001108514_ios
No dia seguinte pegamos um ônibus para visitarmos e almoçarmos no Establecimiento Juanicó. Lemos em blogs que dava para ir de ônibus e também porquê no Uruguai as leis de trânsito e bebida são rígidas.
O ônibus para na estrada e caminhamos uns vinte minutos até chegar no lugar. 
Essa é uma das vinícolas mais legais que eu já fui, a visitação não. Mas o almoço com degustação foi incrível, passamos uma tarde deliciosa, foi inesquecível. Super recomendo.
juanico20151013_150825495_ios
juanico20151013_162841721_ios
juanico20151013_172747027_ios
Tentamos ir na vinícola Bouza, mas não conseguimos. Fomos de ônibus como explicado em blogs e pelo site deles. Saímos de lá e tentamos pegar um taxi para chegarmos mais rápido, pois já estávamos atrasadas. E paramos um taxi que disse que não sabia aonde ficava aquele lugar. Desistimos de ir. Pegamos um ônibus de volta. 
No último dia em Montevideo passeamos pela praia de Pocitos e depois fomos a um mercado para fazer as ultimas compras de vinhos, doce de leite e alfajores.
Pocitos20151017_220406498_ios
Gostei de Montevideo, não sei se voltaria. Voltaria para Punta e Colonia com certeza.
Debora Giusto

Debora Giusto

Sou paulista, mas no meu sangue circula viagem, culpa do pai italiano e da mãe de Ponta Grossa, no Paraná.Sou dentista/ortodontista, adoro o que faço e, como os amigos dizem: “risco” a agenda e vamos viajar! Pode ser sozinha, com amigos ou em família. A meta é conhecer muitos lugares e pessoas pelo mundo. Se for para um destino frio, melhor ainda!
Debora Giusto

Últimos posts por Debora Giusto (exibir todos)

Share This:

A última parte: Montevideo!

Comentários

comentários

Classificado como: