Todo mundo duvidava que eu teria coragem de ir a praia de Tambaba, mas já estava empolgada para ir e ver com meus próprios olhos, sem contar que meu irmão e cunhada já tinham ido e falado que foi super calmo e legal.
Coloquei isso na cabeça e fui.
Fomos no domingo pois a Lu ia embora na 2a feira.
De tanto eu falar que iriamos, todas estavam empolgadas para ir OU fomos tomando coragem! Rsrs
Chegamos lá, paramos o carro passamos pela parte de Tambaba que a maioria fica e não é naturalista.
Já sabíamos que “depois” daquela placa e escada teríamos que tirar a roupa. E tinham nos contados tantas “histórias”: tem um segurança na escada mandando tirar a roupa, não pode tirar foto, só pode entrar casais, não pode entrar homem sozinho,….
Bom, realmente na placa estava escrito um pouco disso tudo, e que homens sozinhos não entravam, só com a carteirinha de naturalista, mas tinham alguns homens sozinhos, mas a grande maioria acompanhado. Em resumo não tinha ninguém fiscalizando na entrada da praia.
Bom, subimos a escada, começamos a caminhar e logo que olhamos já dava para ver que tinham várias pessoas sem roupa. E logo passou uma senhora caminhando do nosso lado e nos ultrapassou. Ainda bem!
Seguimos aquela senhora e logo a esquerda perto das pedras e do mar, fizeram uns apoios de madeira. Ela parou ali e começou a tirar a roupa e jogar na bolsa.
Então foi isso, paramos exatamente no mesmo lugar e começamos a tirar a roupa.
Fui a primeira a tirar tudo, coloquei na bolsa e fiquei com a bolsa grudada no corpo! Rsrsrs
Me “protegendo” com a bolsa, fiquei olhando o mar, viro para trás e ouço a Joyce falando porquê a Lu tá demorando tanto? E começamos a gargalhar. As três prontas começamos a andar e rir. E fomos andando procurando alguma sombra para sentar. Como chegamos as 10:30 da manhã, os espaços com sombra já estavam ocupados. Sim, tem barzinho na praia, mas ainda não estávamos prontas para sentar perto de pessoas desconhecidas.
Saímos caminhando até chegar no fim da praia de naturalismo. A praia continua, estava vazia, mas nós ficamos ali no fim. Achamos a sombra perto de umas pedras, penduramos as bolsas e ali ficamos, nos achando modelos tirando fotos! Rsrsrs
A Lu se empolgou e entrou no mar, logo depois eu também fui.
Sabe aquela parte da onda levar o biquini, ter que ficar se arrumando, isso não existe! O que foi muitoooo legal. Tiramos muitas fotos com a GoPro.
Fomos ao bar da praia, ali sentamos e ficamos, os funcionários do bar não são obrigados a ficar sem roupa ( faz sentido, né?! Rsrs). Pedimos uma porção de camarão.
Já estávamos relaxadas e nem aí para mais ninguém. Ficamos mais um tempo e fomos embora. Realizadas por mais uma conquista, não sei se a palavra é conquista ou se percebemos que o corpo em si não importa e sim o que somos por dentro.
Foi isso, foi demais, experiência única que sem sombra de dúvidas irei repetir!!
E você tem coragem de ir?! Ou só ficará aí rindo e me julgando?!? Rsrsrsrs
Debora Giusto

Debora Giusto

Sou paulista, mas no meu sangue circula viagem, culpa do pai italiano e da mãe de Ponta Grossa, no Paraná.Sou dentista/ortodontista, adoro o que faço e, como os amigos dizem: “risco” a agenda e vamos viajar! Pode ser sozinha, com amigos ou em família. A meta é conhecer muitos lugares e pessoas pelo mundo. Se for para um destino frio, melhor ainda!
Debora Giusto

Últimos posts por Debora Giusto (exibir todos)

Share This:

Praia de Tambaba a praia naturista da Paraíba!

Comentários

comentários

Classificado como: