Recentemente estive na Casa de Vidro e na Fundação Maria Luíza e Oscar Americano. Os dois lugares ficam no bairro do Morumbi e podem ser feitos no mesmo dia. Além da proximidade, possuem outras características em comum. São casas com arquiteturas belíssimas e construídas em meio a um belo jardim e mata. Uma paisagem diferente da frenética e por vezes poluída São Paulo.

A Casa de Vidro:

Linda demais. Uma casa com paredes de vidro e cercada de verde.

Eu me encantei pelo lugar. São vários os pontos que me fizeram adorar esta casa, a começar pelo o que o próprio nome diz: uma casa com paredes de vidro! Uma arquitetura bela e impressionante, idealizada pela arquiteta Lina Bo Bardi (que também projetou o MASP e Sesc Pompéia). A casa foi a residência de Lina e seu marido até a morte do casal na década de 90. Se impressiona nos dias atuais, imagina quando foi construída na década de 50?

Foto aproximada das imensas paredes de vidro.

Atualmente a casa cede espaço para  o Instituto Lina Bo Bardi que realiza exposições, palestras e encontros com o objetivo de promover  o design, arte e arquitetura. Realizamos uma visita guiada, com cerca de uma hora de duração, na qual somos apresentados à história e curiosidades sobre a obra de Lina. A guia Heloísa foi tão detalhista e cativante que me senti próxima da história do local e sua concepção. Podemos conhecer os ambientes da casa, uma parte do jardim e do ateliê.

Jardim
Uma foto tirada no interir da casa. A vista através da parede de vidro.

No interior da casa há objetos e mobiliário do casal Bo Bardi e não é permitido fotografar este acervo. Somos convidados a conhecer como era a vida do casal e dos projetos que desenvolviam. Imperdível! Na ocasião da minha visita o instituto abrigava uma exposição de objetos construídos com pedras portuguesas com enfoque no design.

Este era o acervo da exposição com peças feitas de pedras portuguesas.
Lateral da casa.

Em 13/08/2017 a visita guiada custou 20,00 e não precisou ser agendada. Para maiores informações sobre os horários e dias disponíveis para visita, acesse o site do instituto: http://institutobardi.com.br/

E acima uma bela casa…

Fundação Maria Luisa e Oscar Americano:

Entrada

Era a residência do casal Maria Luísa e Oscar, onde viveram por vinte anos. Após a morte de Maria Luísa a casa foi cedida por seu marido para que funcionasse como espaço para exposição de arte. No início a casa contava com o acervo que pertencia ao casal e posteriormente novas peças foram adquiridas e fazem parte da coleção que atualmente são expostas. São quatro séculos de história representados por objetos diversos como prataria, porcelanas, pinturas, mobiliário, entre outros.

Esse jardim…

Além do acervo, a casa possui um salão de chá no qual pode-se experimentar o famoso brunch. Desta vez não fiz nenhuma refeição, mas em outra oportunidade tomei o chá da tarde e achei maravilhoso. Uma boa pedida para uma ocasião especial. O espaço possui como vista o lindo jardim!

Brunch

Não é permitido fotografar no interior da casa, somente o espaço externo.

jardim

Em 13/08/2017 paguei pela entrada 10,00. Para maiores informações, acesse o site: https://www.fundacaooscaramericano.org.br/

 

 

Luciana Almeida

Luciana Almeida

Sou uma carioca nômade. Adoro sentir o frio na barriga de conhecer um lugar novo.Assistente social de formação e viajante compulsiva nas horas vagas, meu objetivo é colecionar histórias e boas memórias de lugares, pessoas e culturas. Quero me jogar nos destinos e sonho com uma volta ao mundo. Viajar pode ser sozinha ou acompanhada, e o lugar pode ser qualquer lugar no globo. Afinal, o que importa é viajar cada vez mais.
Luciana Almeida

Share This:

A casa de Vidro e Fundação Maria Luísa e Oscar Americano

Comentários

comentários

Classificado como: