Untitled design (8)

No nosso café viagem de hoje, trouxemos um tema que adoramos falar sobre, viagens solo.

Como é uma escolha que gera muitas perguntas entre amigos e familiares que não estão acostumados com esse estilo, resolvemos explorar o assunto no nosso bate papo.

 1. O seu planejamento de viagem muda quando é uma viagem solo? Quais são as mudanças e adaptações que você faz, caso faça?

Eu procuro estar na melhor localização possível para os planos que tenho, e evito vôos chegando ou saindo de madrugada. Também dou preferência a ter um transfer do aeroporto marcado pelo hotel, dependendo do destino. – Karina

Eu costumo ser mais cuidadosa se estou sozinha e me planejo mais. Faço mais programas diurnos, evito algumas saídas noturnas que possam comprometer de alguma forma minha segurança, fico mais “esperta” e me visto sempre com discrição. Parto do pressuposto que todos já sabem que somos turistas e que nesse caso, estar discreta nas vestimentas significa maior segurança, porque passo mais “despercebida”. – Daniela

Eu ia falar que muda sim, mas pensando no que já fiz em viagens, acho que me preocupo, mas faço o que está programado. – Débora

Sim, tomo mais cuidado em relação a horários. Principalmente chegada e saída. Também procuro hospedagens com melhores localizações e com fácil acesso ao transporte. – Luciana

 

2. Já deixou de visitar algum destino por que não teria companhia?

Eu já rodei alguns países do Oriente Médio sozinha, e por mais que não tenha sido super confortável, iria novamente. Mas o İrã eu considerei desistir, viajar para um local com tantas restrições, sozinha, pareceu assustador. Mas hoje, depois de ter estado lá, eu iria sozinha sem problemas. Acho que uma viagem longa de carro, sozinha, eu não teria coragem – Karina

Eu ainda quero ir para a Índia. Ainda não fui porque sozinha não tenho coragem e não consegui casar com a agenda de ninguém… – Daniela

Eu quero muito ir para Islândia, mas gostaria de companhia para “dividir” o carro. – Débora

Ainda não, embora para alguns destinos eu não viajasse sozinha. – Luciana

 

3. Tem algum momento que incomoda estar sozinha? Qual?

 Aeroportos! Tem coisa mais chata do que ter que arrastar tudo para o banheiro e para todos os lugares? Ter uma companhia nessas horas facilita muito. – Karina

Com um bom livro e wifi, raramente estamos de fato sozinhas, né?! Não consigo pensar em nenhuma situação em especial em que me sinta incomodada… – Daniela

Não me incomoda ficar sozinha. Ainda mais com free wifi na maioria dos lugares. – Débora

 Nenhum. Adoro viajar sozinha e em determinados momentos faço questão de estar só. Faço minha playlist e viajo com as músicas e os lugares a serem descobertos. – Luciana

4. E qual você considera a maior vantagem de explorar o mundo em sua própria companhia?

Eu considero terapêutico, faço o que quero, como o que quero, a hora que quero. Eu passei 2 anos sem viajar sozinha e foi muito legal redescobrir essa “liberdade”. – Karina

Além da maior liberdade, porque nenhuma satisfação tem que ser dada à ninguém, acho que a maior vantagem é o autoconhecimento. Quanto mais tempo passo sozinha comigo, mais “introspectiva”, mais me analiso e me melhoro – Daniela

Fazer o que quiser a hora que quiser, adoro a liberdade! – Débora

Autonomia para fazer o que quero, mudar roteiros, acordar tarde… Quando fui pela primeira vez para Itália mudei o roteiro durante a viagem. Gostei de Verona e decidi ficar mais dois dias por lá. Estava sozinha e resolvi. Se estivesse com alguém poderia não ser tão fácil. – Luciana

 

5. Você se permite conhecer pessoas, sair à noite, ou prefere curtir o seu mundinho?

Eu procuro interagir, fiz bons amigos viajando sozinha que permaneceram após a viagem. É ótimo porque as pessoas estão na mesma sintonia, ótimo para encontrar a sua tribo. Já sair a noite, para baladas sozinha, eu não curto. – Karina

Interação sempre rola, até porque sou boca grande e raramente consigo ficar calada muito tempo. Tenho facilidade de me relacionar e virar a “best friend” do outro em pouco tempo…rs À noite, como já falado, evito um pouco se estou sozinha. É certo que meus destinos de viagem solo nunca são baladeiros, então não dá para fazer comparação nesse sentido também. – Daniela

Gosto de interagir. Adoro mesas compartilhadas, mas normalmente não saio sozinha à noite para baladas. – Débora

Sou um pouco medrosa para sair à noite sozinha, além de não ter pique para baladas. Costumo aproveitar o dia ao máximo. Já fiz muitas amizades viajando sozinha. Estar só te permite prestar mais atenção nas pessoas e fazer novas amizades. – Luciana

Share This:

Café viagem: viajando sozinha, cuidados, vantagens e desvantagens.

Comentários

comentários

Classificado como: